sábado, 14 de dezembro de 2013

Geometria Analítica

GEOMETRIA ANALÍTICA
União da geometria e a álgebra.



 

A geometria analítica no cotidiano
Como já estudamos anteriormente, vimos que os conteúdos relacionados à geometria analítica estão presentes em várias situações do nosso dia a dia, como por exemplo, a situação demonstrada no vídeo abaixo, onde o objetivo era criar um jardim na forma da bandeira Nacional do Brasil. Vimos neste vídeo que para construir o jardim foi necessário empregar vários conceitos relacionados a geometria analítica, como: plano cartesiano, ponto, reta, circunferência.  Até mesmo as estrelas da bandeira possuem coordenadas geográficas indicando sua exata posição no céu.
Para saber mais acesse o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=3xdFFsxSnw0.
A criação de Descartes rompeu barreiras de uma época inteira, pelo fato de que todo o procedimento de construção em todas as áreas de engenharia e desenvolvimento de tecnologia tem como base para serem construídas a ilustre criação de Descartes, isto é, o plano cartesiano.

Desta forma, percebemos que a geometria analítica é um facilitador, não apenas utilizado na construção dos gráficos, mas é a principal ferramenta no desenvolvimento de softwares de programação. Na indústria foi o precursor no que diz respeito à criação de máquinas automatizadas que para localizar a matéria a ser trabalhada necessita receber as coordenadas da mesma. O mesmo vale para softwares de desenho tanto de construção, quanto na área da educação ou outras simulações quaisquer. Como exemplo, podemos citar o robô que realiza solda na indústria, no início está nas coordenadas 0,0, do plano cartesiano, na medida em que estabelece uma nova coordenada, realiza o deslocamento soldando até este ponto.
Integrantes do grupo: Edson Steinhorst, Cristiano Hemann, Fabiano Heusner e Marla Portes.

13 comentários:

  1. Respostas
    1. Pesquisamos na internet e no material disponibilizado. Com relação ao robô temos um colega que trabalha em uma empresa de Panambi a qual possui como uma de suas máquinas um robô que realiza solda, segundo ele o mesmo baseia-se no plano cartesiano, através de coordenadas. Acho que nos expressamos mal, não que seja a principal ferramenta para todos os softwares, mas sim uma ferramenta fundamental para a programação de máquinas que trabalham com coordenadas. Acredito que nem todos os programadores são conhecedores de geometria analítica.

      Excluir
    2. Para que o robô execute seus movimentos,o programador precisa programá-lo para ter os deslocamentos nos eixos X, Y e Z e assim fazer as peças e/ou produto solicitado.
      O mesmo se dá nos desenhos via compudador onde o projetista faz seus desenhos baseados no mesmos eixos, plano cartesiano.
      Nestes dois casos, o conhecimento do plano cartesiano é essencial, pois trabalham com coordenadas. Mas sei que muitos aprendem a fazer o trabalho automaticamente, e depois evoluem para a compreenção da geometria analítica.
      Seria muito bom inserir a geometria analitica nos cursos onde as pessoas são ensinadas a trabalhar com os softwares, pois teriam um desenvolvimento e produtividade melhor.

      Excluir
  2. LEMBRETE: Este grupo postou dia 08/12/2013 e refez o trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, um trabalho semelhante a este já tinha sido postado, mas para tentar atender suas orientações, reajustamos e postamos novamente.
      Um abraço

      Excluir
    2. Lemos vários artigos sobre este assunto e outros similares, então escrevemos alguns comentários seguindo suas orientações, de não copiar material de sites. Assim não colocamos as fontes. Colocamos um site de vídeo mostrando que até na arquitetura paisagista a geometria analítica é empregada, além de citar que ela é utilizada na criação de gráficos, software de programação e desenhos, utilizados em máquinas automatizadas, sendo uma delas o robô. Estes exemplos são aplicados no dia a dia, pois alguns integrantes do grupo trabalham em empresas que utilizam estes software na pintura, solda à arco, polimento, criação de desenhos e posteriormente na confecção de peças e máquinas.
      Realizamos um equivoco ao mencionar que a principal ferramenta para o desenvolvimento de software de programação é a geometria analítica, não é a principal ferramenta para todos os softwares, no entanto, uma ferramenta essencial para a programação de máquinas que trabalham com coordenadas, como podemos ver no material do nosso blog: “Na indústria foi o precursor no que diz respeito à criação de máquinas automatizadas que para localizar a matéria a ser trabalhada necessita receber as coordenadas da mesma. O mesmo vale para softwares de desenho tanto de construção, quanto na área da educação ou outras simulações quaisquer”.
      Por ter conversado e convivido com pessoas que trabalham com estes sistemas programadores, eles não tem conhecimento da geometria analítica com profundidade ou do sistema que é desenvolvido a máquina, nem é preciso, pois sua tarefa é operar a máquina, desenvolver determinada tarefa com a mesma, tem conhecimento básico. Quem deve saber como ela foi criada, quais seus sistemas e software de programação é o engenheiro ou técnico que vai realizar a manutenção da mesma.
      Outro exemplo de máquina que trabalha com eixos cartesianos e o Torno CNC, construído para trabalhar na confecção de peças de revolução ou cilíndricas. Tem duas bases, eixo X que determina o diâmetro da peça e eixo Z que da seu comprimento.

      Excluir
    3. Ok Edson. Teu comentário esclareceu bastante o trabalho.
      Outros comentários?

      Excluir
  4. Olá pessoal.
    Obrigado pelos esclarecimentos.
    Em primeiro lugar, o comentário "LEMBRETE: Este grupo postou dia 08/12/2013 e refez o trabalho.", tem um motivo para estar aqui: ele indica que o grupo não se atrasou na entrega da tarefa, pois se tivesse sido postado pela primeira vez no dia 16/12, o grupo teria perdido 8 pontos. Mas como o trabalho foi postado sem atraso, logo, não houve perda de pontos.
    Pelo que foi postado acima, a fonte é um integrante do grupo que acompanha pessoalmente o processo de solda na indústria.
    Vou reformular meu questionamento, que se estende também a outros integrantes: Existem na internet aplicações parecidas com esta?

    ResponderExcluir
  5. Vocês poderiam descrever com mais detalhes alguma aplicação semelhante?

    ResponderExcluir
  6. Estive pesquisando outras aplicações da industria: e segue algo muito interessante
    Uma aplicação de Álgebra Linear à Engenharia Civil: o projeto de uma estrutura composta por vigas metálicas exige resolver um sistema de equações lineares; quanto mais complexa for esta estrutura, maior será o número de equações e de variáveis. A matriz dos coeficientes do sistema deve ser invertível para que a estrutura não colapse. Para uma mesma estrutura sujeita a forças externas variáveis, pode-se encontrar a matriz-coluna das forças que atuam sobre as vigas multiplicando-se a inversa da matriz que modela a estrutura metálica pela matriz-coluna das forças externas. Autor: Prof. Ricardo Takahashi, Departamento de Matemática.

    ResponderExcluir
  7. Ok Beatriz.
    Bem interessante esta aplicação.
    Mais alguém?

    ResponderExcluir
  8. Tudo Bem Professor?
    Bom professor, eu trabalho numa indústria local voltada ao ramo de fabricação de peças em vários segmentos como automotivo, rodoviário,agrícola e também de construção minha função é inspecionar o dimensional das mesmas no qual são usadas máquinas com softwares 3D onde a varredura e a localização da peça é feita através do sistema de coordenadas do plano cartesiano através de um ponto Zero da máquina são informadas as coordenadas da peça em relação ao ponto referente.

    ResponderExcluir